Google Brasil lidera com folga ranking de buscadores em dezembro, diz levantamento.


O Google Brasil registrou 93,74% de participação nas buscas no país realizadas no período de quatro semanas terminado em 28 de dezembro de 2013, de acordo com dados da Hitwise, ferramenta de inteligência em marketing digital da Serasa Experian. Em dezembro de 2013, o buscador foi a maior fonte de visitas para a categoria Compras e Classificados (que agrega sites de e-commerce), sendo responsável por 33,06% do tráfego que a categoria recebeu a partir de outros sites no mês do Natal.

Considerando as buscas relacionadas a produtos que mais geraram visitas para a categoria Compras e Classificados, destaque para eletrônicos – 6 dos 10 principais termos foram relacionados a aparelhos como “tablet”, “xbox 360” e “celulares”.

Em segundo lugar em participação nas buscas no país no mesmo período está o Google.com, com 2,42%, seguido de Ask Brasil, com 1,57%, e Bing Brasil, com 1,28% da preferência dos usuários. De acordo com o levantamento, somando-se todos os domínios do Google entre os top 10 buscadores mais utilizados no Brasil, o buscador atinge 96,17% de participação no mesmo período de quatro semanas terminadas em 28 de dezembro. Já o Bing.com e Bing Brasil têm, juntos, 1,33% da participação de buscas no período.

O Yahoo.com está em quinto lugar dentre os buscadores mais utilizados, com 0,54% de participação de buscas nas quatro semanas terminadas em 28 de dezembro de 2013. Ainda dentre os top 10 buscadores mais usados no Brasil no período estão Yahoo! Brasil (0,37%), Bing.com (0,05%), Google Reino Unido (0,01%), Google França (0,004%) e Google Canadá (0,003%).

As buscas contendo uma palavra corresponderam a 28,07% do total no período, seguidas por buscas que continham duas palavras, com 21,18%, e três palavras, 18,21%. Termos com quatro palavras somaram 11,75% do total, enquanto aqueles contendo cinco palavras totalizaram 8,36%.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Presidente da Anatel, dois superintendentes, secretário do MiniCom e dirigentes de empresas confirmam palestra no Encontro Tele.Síntese
Próximos Internet brasileira perde quatro posições em ranking global de velocidade