Google apresenta queda no valor médio da publicidade por mobilidade


Os números decepcionaram analistas e as ações da gigante caíram quase 4%, mas companhia reafirma sua confiança no médio e longo prazos

O Google registrou receita US$ 15,42 bilhões no primeiro trimestre do ano, elevação de 19% comparada com o mesmo período do ano passado. O desempenho, porém, foi considerado abaixo da expectativa dos analistas. O motivo para a frustração é a queda no preço médio dos anúncios, de 9%. A expansão de 26% do volume de publicidade não evitou a queda das ações da gigante de tecnologia, que caíram quase 4% na Nasdaq.

A explicação para a queda no preço médio dos anúncio é que o volume de publicidade, tradicionalmente mais barata, aumentou. O Google, no entanto, frisou que no médio para longo prazo, as perspectivas de preço dos anúncios em dispositivos móveis são otimistas. O argumento é que em tablets e smartphones a publicidade pode ter usar referência também a localização e o contexto do usuário.

No trimestre, a receita líquida subiu para US$3,45 bilhões, a partir de US$3,35 bilhões um ano antes. A receita líquida foi de US$12,2 bilhões no trimestre, abaixo da projeção dos analistas.

Anterior IdeiasNet espera lucro de R$ 27,4 milhões com venda da iMusica para Claro
Próximos América Móvil vai à justiça contra nova regulação mexicana