As ações do site JD.com subiram 1,3% após o anúncio de que o Google estava investindo US$ 550 milhões na empresa. O JD.com é o segundo maior portal de e-commerce da China e a parceria, conforme o comunicado, irá se expandir para o sudoeste asiático.

Conforme alguns analistas, essa operação ainda se torna mais interessante porque os recursos não estão saindo da holding Alphabet, mas diretamente do site de busca.

Pelo contrato, Google passará a deter 27 milhões de ações ordinárias Classe A do portal chinês, que poderá ainda ter seus produtos comercializados no Google Shopping.  (com agências internacionais).