Google amplia espaço para competidores na União Europeia


Google informou à União Europeia que dará mais espaço aos competidores na busca para serviços. A empresa é acusada por reguladores europeus de favorecer suas plataformas em detrimento da concorrência. A oferta, segundo comissários do bloco, deve facilitar um acordo para a empresa se livrar de acusações truste e a evitar o pagamento de uma multa estimada em US$ 5 bilhões (cerca de R$ 11,11 bilhões).

 

Segundo Joaquin Almunia, comissário do bloco econômico, o anúncio do Google representa um “aumento significativo” nas concessões propostas à companhia. Desde 2010, o Google é acusado por competidores da região de dar preferência aos seus serviços e de negociar ofertas publicitárias de forma desleal.

 

A primeira proposta feita pelo Google para evitar o pagamento de multa foi em julho de 2012. No entanto, a União Europeia não achou a proposta suficiente após um ano de debates.

 

Dentre as medidas concretas prometidas pelo Google, diz Almunia, estão a possibilidade de as empresas concorrentes colocarem o logotipo delas próximo a links de seus serviços e o acesso a maior espaço nas páginas de resultados de busca.  (Agências internacionais).


Anterior Honduras adota o padrão de TV digital nipo-brasileiro
Próximos Brasil e Chile detêm maiores percentuais de banda larga móvel na AL