Goldentree fica com 16% da Oi


Aos poucos os participantes do aumento de capital da Oi vão avisando o mercado do quanto obtiveram do capital social da companhia. Na última sexta-feira, 1º, o fundo GoldenTree informou que passou a ter pouco mais de 16,2% das ações ordinárias da operadora.

O fundo afirma que tem as ações apenas para fins de investimento e que não pretende buscar o controle da operadora. “Trata-se de um investimento minoritário que não altera a composição do controle ou especificamente a estrutura administrativa da Companhia além do que estabelecem as regras aprovadas no plano de recuperação judicial e dos atuais direitos de voto das ações detidas. Atualmente não existe qualquer percentual de participação que pretendemos comprar e poderemos realizar aquisições adicionais”, diz em nota.

A Pharol, que tem ações da Oi através da subsidiária Bratel, já havia revelado que ficou com 5,5% dos papeis da companhia. O fundo Solus, que chegou a ter quase 10%, por sua vez, passou a deter 3,38%, deixando-se diluir no capital.

Rumores

Conforme notas publicada pela coluna de Lauro Jardim e Ancelmo Góis, ambos do jornal O Globo, ventos de mudança sopram no comando da Oi. O atual presidente da empresa, Eurico Teles, teria data para deixar o cargo, em meados do ano. Em seu lugar, assumiria Rodrigo Abreu, ex-CEO da TIM Brasil, e que atualmente integra o board da Oi.

Além disso, integrantes do conselho de administração teriam interesse em desmembrar a tele e colocar à venda ativos fundamentais para a companhia, como a operação de telefonia móvel. Diz Ancelmo Gois que já haveria maioria do conselho disposta a se desfazer dos ativos móveis, mas o desejo esbarra no plano de recuperação judicial, previsto para ser executado até 2020.

Procurada, a Oi afirmou que não comenta rumores.

Anterior Na apresentação da mensagem do novo governo, nenhuma palavra sobre banda larga
Próximos Cresce lucro operacional da Alphabet no 4º tri

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *