Globo quer substituir antenas parabólicas


A Globo e a fabricante Thomson firmaram uma parceria para substituir as atuais 15 milhões de antenas parabólicas, que recebem os sinais analógicos de TV aberta, informou hoje o portal TVTelco Latam. O projeto, já batizado de TVDR pretende fazer com que os sinais analógicos de TV aberta captados pelas parabólicas deixem de ser transmitidos, …

A Globo e a fabricante Thomson firmaram uma parceria para substituir as atuais 15 milhões de antenas parabólicas, que recebem os sinais analógicos de TV aberta, informou hoje o portal TVTelco Latam. O projeto, já batizado de TVDR pretende fazer com que os sinais analógicos de TV aberta captados pelas parabólicas deixem de ser transmitidos, sendo substituídos por sinais digitais. A nova tecnologia começará a ser testada a partir de outubro deste ano, nas zonas rurais do Rio de Janeiro.

Com essa iniciativa, a Globo irá fortalecer a sua posição em defesa das geradoras e retransmissoras locais, pois os sinais analógicos podem ser capatados por qualquer operador de TV paga via satélite (o que acontece hoje com o produto da Embratel, e futuramente, com o da Oi) e transmitidos para todo o Brasil, prescindindo do line up local. (Da redação)

Anterior Brasil já tem 60 milhões de micros em uso
Próximos Minicom divulga integrantes da comissão que organizará a Confecom