GlobeNet terá rota submarina ligando Brasil a Argentina


Negócio fotografia desenhado por Onlyyouqj - Freepik.com
Negócio fotografia desenhado por Onlyyouqj – Freepik.com

A GlobeNet, provedora de infraestrutura de telecomunicações no atacado nas Américas, vai implantar um novo cabo submarino. A estrutura terá 2.500 km e vai ligar Rio de Janeiro, São Paulo (Brasil) e Buenos Aires (Argentina). Com isso, a empresa completa a interconexão submarina própria do Cone Sul até os Estados Unidos. Começa a operar no primeiro semestre de 2020.

A empresa já tem cabos entre Bermuda, Brasil, Colômbia, Estados Unidos e Venezuela. Com a expansão, pretende atrair OTTs, provedoras de computação em nuvem e clientes de operadoras que querem aumentar seu alcance em toda a região.

O novo cabo irá conectar Rio de Janeiro a São Paulo, através de um ponto de aterragem em Praia Grande, e Buenos Aires, através de um ponto em Las Toninas, cidade litorânea a sudeste da capital da Argentina.

O principal sistema de cabos submarinos da empresa tem 23.500 km de extensão. A empresa anunciou recentemente um novo centro de dados de nível IV em Barranquilla, Colômbia, bem como um novo ponto de interconexão central (IPX) para o Centro de Informações da Rede Brasileira (NIC.br) em pontos de troca de Internet da GlobeNet em Fortaleza, Brasil, que abriga a mais importante infraestrutura nacional da Internet nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Anterior Para Sindisat, não houve concorrência nem transparência no acordo Telebras/Viasat
Próximos Medeiros: a 5G pode tornar telecom onipresente