Gebara vai substituir Navarro na presidência Telefônica Vivo a partir de janeiro


Christian Gebara é o atual COO da empresa e vinha sendo preparado para assumir a presidência. Eduardo Navarro continua na Presidência do Conselho e vai voltar para a Espanha, como diretor global de Comms, Brand, Public Affairs & Sustainability.

 

Foto: Carol Carquejeiro

A partir de 1º de janeiro, Christian Gebara, atual COO da Telefônica Vivo, assume a presidência da empresa no lugar de Eduardo Navarro, que volta à Espanha como diretor global para Comms, Brand, Public Affairs & Sustainability, reportando-se ao Chairman e CEO do Grupo, Jose Maria Alvarez-Pallete. Navarro permanece como presidente do Conselho de Admnistração da Telefônica Brasil e seguirá apoiando a Vivo em temas institucionais e regulatórios.

Gebara, que começou a trabalhar no grupo em 2006, há oito anos atua em cargos que envolvem o posicionamento da marca Vivo. Ele vinha sendo preparado para o cargo praticamente desde que Navarro voltou ao país para dirigir a empresa com a saída não programada de Amos Genish, responsável pelo processo de fusão operacional da Vivo com a GVT. À época, era Chief Commercial Digital Officer da Telefónica.

Para Jose Maria Alvarez-Pallete, a longa experiência e o profundo conhecimento da empresa – onde trabalhou em quase todos os lugares e negócios – faz de Eduardo Navarro o executivo certo para integrar e impulsionar o novo programa global da companhia para construir os próximos passos da Telefónica e do setor de telecomunicações.

Assinala que colocou a Vivo em lugar de destaque entre as empresas mais inovadoras do Brasil e elevou substancialmente a rentabilidade da companhia, atingindo margem EBITDA acumulada de 35% até setembro de 2018, enquanto manteve alto crescimento do lucro líquido e fluxo de caixa operacional, que cresceram 139% e 42%, respectivamente, nos nove primeiros meses do ano. Foi ainda responsável por aumentar os investimentos em novas tecnologias, principalmente em FTTH e 4G+, anunciando Capex de R$26,5 bilhões para o período entre 2018 e 2020.

“Temos certeza que Christian Gebara irá realizar um excelente trabalho como CEO da nossa operação no Brasil, seguindo a sua trajetória de sucesso construída ao longo dos últimos anos”, diz Jose Maria Alvarez-Pallete.

Sobre sua nova função, afirma Gebara: “Começo uma nova etapa na Vivo, em um momento único em nossa sociedade. Iremos transformar, ainda mais, a vida das pessoas e das empresas por meio da conexão e das novas oportunidades que ela traz. Neste cenário, estou confiante de que a digitalização do nosso país terá máxima relevância.”

Ao fazer a transição, Navarro comenta: “Sinto que deixo o Brasil com a missão cumprida e fico feliz em passar o bastão ao Christian Gebara, profissional e líder que admiro e que possui profundo conhecimento da empresa, não só no Brasil como na Espanha. Trabalhamos lado a lado nesses últimos anos e Christian é o executivo certo para dar continuidade ao crescimento e a transformação digital e cultural que vivemos na Vivo.”

Perfil

Christian Gebara é bacharel em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (São Paulo), em 1994, e com MBA pela Graduate School of Business – Stanford University em 2000. Ingressou na Telefónica em junho de 2006 como diretor da área de Qualidade e Processos – Telefónica Espanha. Em 2008 assumiu, na TISA, a posição de diretor na área de Estratégia e Regulação. Sua experiência anterior inclui Citibank, Banco ABC Roma em São Paulo, JP Morgan Chase em Nova York e McKinsey & Company na Espanha.

Em 2011, com a integração que deu origem à Telefônica-Vivo, assumiu a vice-presidência de Estratégia e Novos Negócios e, um ano após (2012), a VP de Negócio Móvel. Em janeiro de 2015, pós fusão com GVT, tornou-se CRO (Chief Revenue Officer) e, depois, COO, responsável por todas as áreas de negócio (B2C, B2B e Atacado), áreas operativas (Redes, TI e Atendimento ao Cliente) e áreas de Inovação e Digital. (Com Assessoria de Imprensa)

Anterior Verizon corta valor da Oath em 96%
Próximos MP-DFT vai investigar vazamento de dados de até 32 milhões de clientes da Sky

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *