Ganho por sinergia entre empresas América Móvil está apenas começando


A América Móvil ainda tem que enfrentar diversos desafios até alcançar a integração total das empresas do grupo com atuaçao no Brasil: NET Serviços, Claro, Embratel e Star One. O primeiro passo neste sentido ocorre no avanço de integração de infraestrutura, o que garante ao grupo maior capacidade, menor custo e menor Capex, conforme frisou o CEO da AMX, Daniel Hajj, em conferência com analistas nesta quarta-feira (12). Mas todos os benefícios previstos no processo só serão obtidos em dois anos, frisou o executivo. 

De acordo com Hajj, já está em andamento a integração comercial das empresas – a NET já oferece serviços móveis, por exemplo, e a Claro já começou a vender os serviços de satélite. “Avançamos muito, mas ainda há um longo caminho”, afirmou Hajj. Isso significa que nos próximos dois anos a AMX deve se apropriar das sinergias  para trazer impacto positivo no Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização). (Da redação)

Anterior Qualcomm lança competição para start-ups
Próximos Texto final do Marco Civil da Internet traz apenas uma alteração