Galaxy Note 8 é caro de produzir, e chegará às lojas por US$ 1 mil, diz consultoria


Galaxy-Note8_Orchid-GrayA consultoria IHS Markit soltou um relatório nesta quarta-feira, 23, no qual projeta o custo de fabricação e o provável preço de venda do Galaxy Note 8. O novo celular da Samsung, anunciado hoje, chegará ao mercado norte-americano e alguns outros país (sem menção ao Brasil) em meados de setembro. Mas o preço ainda não foi revelado.

Por isso a consultoria analisou as tecnologias empregadas do dispositivo, e o custo de fabricação dos modelos anteriores, para chegar à sua conclusão. Botando na ponta do lápis os preços praticados hoje no mercado pelos diferentes componentes, e levando em conta que apenas a Samsung possui tecnologia de fabricação para integrar alguns deles, a IHS Markit calcular que o celular custe US$ 350 para ser feito.

Preço do Galaxy Note 8

Se este é o valor de produção, qual seria o de venda? A pergunta que vem deixando os interessados no aparelho aflitos pode ser decepcionantemente alta. Pelos cálculos da consultoria, o celular chegará ao mercado custando US$ 1 mil.

No caso, o cálculo levou em conta a diferença entre o custo de produção e o preço de varejo praticado pela Samsung desde 2013 com a linha note. O Note 3, por exemplo, custava US$ 268 para produzir, e era vendido por US$ 725. O Note 7 custava US$ 290 para fazer, e saía das lojas por US$ 880.

Avaliação

Segundo o analista da IHS Markit, Ian Fogg, o lançamento do Galaxy Note 8 mostra como a Samsung estaria muito à frente em sua capacidade de desenvolvimento de produtos topo de linha que as concorrentes, exceto pela Apple.

“O Note 8 é um feito técnico impressionante, que a maioria dos fabricantes é incapaz de igualar”, avalia. Segundo ele, o que impressiona no telefone é a quantidade de elementos que a sul-coreana foi capaz de reunir, e ainda manter o design compacto e atraente.

“A empresa conseguiu colocar uma tela muito grande, mas muito compacta, com caneta, resistência à água, conectividade CAT16, câmera dupla com estabilização óptica, Bluetooth 5. Concorrentes têm algumas dessas tecnologias, mas não há ninguém com todas elas”, resume.

Ele espera ainda que o aparelho seja o mais bem sucedido em vendas da linha Note, em função da decisão da Samsung de vender o aparelho em todo o mundo.

Anterior Débito da Oi com Dnit de R$ 3,2 bi entra na dívida ativa
Próximos MP da Refis das multas e PL das agências ficam para próxima semana