Fust no diesel cai mal para investidores de telecom


A decisão do governo, de direcionar todo o dinheiro que restava no Fundo de Universalização das Telecomunicações (Fust) para ajudar a pagar parte de conta dos subsídio aos caminhoneiros caiu mal entre os executivos do setor. Conforme noticiado ontem, 5, pelo Tele.Síntese, R$ 777 milhões foram cortados pelo governo para incrementar o orçamento do Ministério das Minas e Energia, a terceira maior contribuição entre os cortes orçamentários feitos.

Na avaliação de executivos de operadoras de telecom, o desvio desses recursos – mesmo que contingenciados –  dá sinais negativos para os investidores. “Como alguma empresa pode investir dinheiro aqui com sinais como esse?”, indaga a fonte.

PUBLICIDADE

Para ministro Gilberto Kassab, no entanto, esse corte e o de sua pasta, que sofreu perda de R$ 21 milhões, o impacto não será tão grande assim.

Anterior Operação da América Móvil nos EUA passa a se chamar Claro
Próximos Oi investe R$ 1,1 bi no primeiro tri e R$ 255 milhões no Rio