Fundo Tâmisa, do banco Cruzeiro do Sul, aumenta participação na Telebras


A notícia ajudava a impulsionar os papéis da empresa nesta terça-feira, que às 12h33, subiam 10,47%, cotados a R$ 11,82.A Telebrás foi reativada oficialmente no ano passado para ser o braço de operação do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga), que visa popularizar o acesso à internet rápida no Brasil. Desde o anúncio, a partir de 30 de junho, de que as principais empresas de telefonia do país estavam aderindo ao PNBL –como Telefônica, Oi, TIM e Claro — as ações preferenciais da empresa já acumulam valorização de 78%.

O Fundo Tâmisa, da gestora BCSul Verax Serviços Financeiros, do Banco Cruzeiro do Sul, informou nesta terça-feira, em comunicado na Comissão de Valores Mobiliários, que passou a deter 8,72% das ações preferenciais da Telebrás, ou 1.831.900 papéis. O fundo também informou que possui 6,58% das ações ordinárias da empresa, ou 5.833.380 papéis.

Anterior Licenças de TVA poderão manter frequências até 2020
Próximos Proposta técnica do regulamento da TV paga fica pronta até sexta-feira