Fundo ativista quer vender estúdios da Sony para Amazon ou Netflix


O fundo “ativista” Third Point pretende comprar ao menos US$ 1 bilhão em ações da gigante japonesa Sony a fim de promover mudanças na gestão. Conforme a agência de notícias Reuters, o objetivo do fundo é promover a venda de ativos, como um estúdio de cinema localizado em Columbia (EUA) para entrantes no mercado de conteúdo, como Amazon ou Netflix. O fundo também pretende reformular a estratégia da Sony no segmento de semicondutores.

Inventora de ícones do mercado de consumo eletrônico, como o Walkman e o PlayStation, a Sony deixou de ser reverência em música com a chegada do iPod, da Apple, no começo do século, situação depois aprofundada com o lançamento do iPhone.

Como fabricante de smartphones, a empresa não conseguiu superar nem a Apple, nem as rivais Samsung, LG, Huawei, Xiaomi. Também no mercado de TVs acabou desbancada pela concorrência sul-coreana. Manteve-se, no entanto, como líder no mercado dos games com o PS4, à frente da Microsoft.

No último balanço financeiro, a Sony registrou queda de 10% nas receitas ano a ano. O EBITDA caiu 1%, embora tenha havido aumento de 44% no lucro líquido em função de ganhos com créditos fiscais nos Estados Unidos e com operações cambiais.

Anterior Mourão defende nos EUA alteração da lei das teles
Próximos Leonardo de Morais ocupa cadeira da Anatel no CGI.br

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *