França vai investigar operadoras por ritmo de implantação das redes 3G


A Arcep, agência reguladora de telecomunicações da França, vai investigar as operadoras móveis locais devido à lentidão na instalação de infraestrutura de redes 3G. A percepção no órgão é de que as empresas não estão comprometidas com as metas de cobrir a maior parte do país até 2015, atendendo inclusive as zonas rurais.

O órgão analisará o ritmo de instalação da Free, a mais nova operadora local, que tem como compromisso atender 75% do território com 3G até janeiro, sem poder alugar rede de terceiros.

Também vai verificar se as quatro operadoras locais vêm obedecendo o compromisso de cobertura 3G no campo. As empresas (Orange, SFR, Bouygues Telecom e Free) se comprometeram a iluminar 3,5 mil comunidades rurais até dezembro de 2013. No entanto, apenas 25% da meta foi atendida. 

Além disso, a Arcep vai checar se a SFR, operadora comprometida a cobrir 99% da população, atendeu o objetivo.

Anterior Cisco chama para concurso de IOT
Próximos Para CEO da Orange, mercado francês precisa de uma operadora a menos