Formoso considera factível banda larga a R$ 35


O presidente da Embratel, José Formoso, disse nesta segunda-feira (24) que a oferta de banda larga a R$ 35 por mês, como prevê o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), é factível e que a empresa já oferece conexão nessa faixa de preço, em associação com a NET. Ele adiantou que a operadora está investindo muito em infraestrutura para oferecer o serviço diretamente, como já faz em Belém (PA), Osasco (SP) e Baixada Fluminense (RJ).

Formoso esteve hoje com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, para apresentar os planos da Embratel para este ano. Ele não adiantou qual o montante de recursos previstos para investimentos, mas assegurou que a prioridade é banda larga.

O presidente da Embratel ainda elogiou a decisão da Anatel em liberar os preços das ligações de longa distância para a telefonia fixa. “Esse é um mercado supercompetitivo, onde os preços caem todos os dias”, disse.

A proposta de liberdade tarifária para LDI foi aprovada na revisão dos contratos de concessão, no final do ano passado. O regulamento deve entrar em consulta pública na agência nos próximos dias e prevê a liberação dos preços a partir de 2016.

Anterior Ceará realizará nova audiência pública para concessão de rede
Próximos Anatel estuda redução do preço de outorga de DTH