Fistel receberá R$ 1,6 bi das celulares


 No final de março a operadoras de telefonia celular brasileiras irão depositar nos cofres públicos R$ 1,6 bilhão referentes à Taxa de Fiscalização e Funcionamento, que devem ser recolhiadas ao Fistel (Fundo de Fiscalização dos Serviços de Telecomunicações).  As empresas precisam pagar, todo mês de março, R$ 13,42 por cada celular em serviço do ano …

 No final de março a operadoras de telefonia celular brasileiras irão depositar nos cofres públicos R$ 1,6 bilhão referentes à Taxa de Fiscalização e Funcionamento, que devem ser recolhiadas ao Fistel (Fundo de Fiscalização dos Serviços de Telecomunicações).  As empresas precisam pagar, todo mês de março, R$ 13,42 por cada celular em serviço do ano anterior.

Devem pagar também  o dobro desse valor (R$ 26,83) para cada novo telefone habilitado, o que irá representar, pelas estimativas da Acel (Associação Nacional das Operadoras Celulares), o recolhimento de mais R$ 600 milhões em 2008.

Nos últimos sete anos, o Fistel, criado para custear a Agência Nacional de Telecomunicações arrecadou R$ 8,5 bilhões e, no mesmo período, a Anatel teve um orçamento aprovado de R$ 1,6 bilhão. O restante do dinheiro foi para o Tesouro Nacional. Para este ano, o orçamento da agência está previsto em R$ 411 milhões.

( Da Redação, com assessoria de imprensa da Acel ) 

Anterior Uol: 3G deverá auxiliar provedores de conteúdo em 2008
Próximos CPM Braxis abre vagas para consultores ERP