Finep divulga resultado preliminar da subvenção econômica à inovação


A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) divulgou as 252 empresas habilitadas na seleção pública do programa de Subvenção Econômica à Inovação. Elas agora passam para a etapa da avaliação de mérito dos projetos. O prazo para recursos vai até 25 de fevereiro. O edital ofereceu R$ 500 milhões e a demanda das habilitadas totaliza R$ 564 milhões.

Foram recebidas 993 propostas, totalizando uma demanda de aproximadamente R$ 1,92 bilhão. A área de TIC  – Tecnologia da Informação e Comunicação foi responsável por 43,1% (109) das propostas apresentadas, seguida por Desenvolvimento Social (17,82%), Biotecnologia (12,59%), Saúde (12,08%),  Energia (8,96%) e Defesa (5,44%). Projetos relacionados diretamente ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) e aos eventos esportivos de grande porte (Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016) estão entre os classificados.

Os melhores índices de aprovação foram obtidos pelas regiões Centro-Oeste, com cerca de 38%, e Nordeste, com cerca de 31%. O menor percentual ficou com a região Norte, com cerca de 18%. Quanto ao porte, o índice de aprovação foi muito baixo no caso das microempresas e das empresas de pequeno porte, de cerca de 17%, contrastando com o das grandes empresas, de 60%. O índice das pequenas, médias e médias-grandes empresas oscila entre 31 e 41%.

Alguns dos principais motivos de inabilitação das 741 propostas que ficaram de fora são: solicitação de recursos acima do permitido (176); documentação incompleta (166 casos), não enquadramento no tema (102), solicitação de valor inferior ao mínimo estabelecido (91), total falta de documentação física (64); e envio fora do prazo (12), entre outros casos. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Bernardo deve propor a criação de uma agência para fiscalizar conteúdo
Próximos Telefônica faz oferta pública para comprar ações dos minoritários da Vivo