Finep divulga projetos finalistas para obterem subvenções do TI Maior


A Finep (Agência Brasileira de Inovação) divulgou os 14 projetos finalistas da seleção pública a receberem subvenção econômica do programa TI Maior. Os recursos destinados vão até R$ 60 milhões, com repasse de até R$ 10 milhões por empresa. As grandes empresas terão que garantir contrapartidas de até 40% do valor do projeto.

Foi aprovada a proposta da IBM, que cria uma plataforma como serviço em nuvem para aplicações com demanda dinâmica por recursos computacionais de alto desempenho. Assim como a proposta de PaaS (Plataforma como Serviço) da Neogrid Software. Além do circuito integrado ponte PCI Express para enlaces de radiodifusão, da Ideia! Sistemas Eletrônicos; o SISC (Sistema Integrado de Segurança Cibernética) da 3Elos Informática; a proposta WINGS4CLOUD, de computação em nuvem (PaaS), da Squadra Tecnologia; e a ferramenta para análise e interpretação de imagens, da Concremat Engenharia e Tecnologia.

Também foram selecionadas as propostas da Intelie Solução em Informática, voltada para comercialização via marketplace de aplicações baseadas em automação de processos com foco em mobilidade social; da Mobilitec Sistemas, de plataforma para desenvolvimento e gerenciamento de aplicações móveis como serviço na nuvem; e da Chipper, de sistema integrado de análise de malware e repositório de artefatos maliciosos.

E ainda as propostas da Embraer, de segurança de dispositivos móveis para a defesa cibernética; da Embrasul Indústria Eletrônica, de sistema embarcado de gestão de energia; da Tempest Informática, de plataforma integrada de defesa contra artefatos maliciosos; da AFC Geofísica, de sistema de aquisição e processamento de dados de polarização induzida; e da Mowa Mobile Wireless Applications Informática, de PaaS de aplicações móveis em ambiente de nuvem.

A Finep receberá recursos contra a decisão até o dia 24 deste mês.(Da redação)

Anterior Nilsen e IBOPE lançam serviço de medição de publicidade online
Próximos Franco Bernabè deixa a presidência da GSMA