Financiamentos Prosoft para IBM e Padtec


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou dois financiamentos no âmbito do Prosoft, o Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços Correlatos. Um foi para a IBM, no valor equivalente a US$ 100 milhões; outro, para a Padtec, de R$ 20,7 milhões. A operação da IBM é a …

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou dois financiamentos no âmbito do Prosoft, o Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços Correlatos. Um foi para a IBM, no valor equivalente a US$ 100 milhões; outro, para a Padtec, de R$ 20,7 milhões. A operação da IBM é a maior já aprovada pelo Prosoft e será realizada por meio da linha Prosoft Exportação.

O Brasil foi escolhido pela IBM para ser um de seus fornecedores globais  e o BNDES financiará a venda externa de serviços de tecnologia da informação da subsidiária brasileira, principalmente, para a matriz nos EUA. O financiamento para a Padtec, especializada no fornecimento de soluções para sistemas de telecomunicações baseados em redes de fibra óptica, será aplicado no desenvolvimento de novos produtos para rede de transporte, como software e aplicativos. Os investimentos também prevêem a expansão da capacidade de pesquisa, desenvolvimento e fabricação. Outro mérito do projeto é a criação de tecnologia nacional em uma área e elevada demanda e nenhuma oferta nacional.

Balanço

O Prosoft, criado em 1997 e remodelado em 2004, em função da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior, já financiou R$ 670 milhões, até novembro, gerando investimentos de R$ 912 milhões na indústria nacional de software em suas três modalidades: Prosoft Empresa (R$ 425,7 milhões), Prosoft Comercialização (R$ 23,8 milhões) e Prosoft Exportação (R$ 220 milhões).

Tecnologia óptica

O apoio do BNDES à Padtec foi aprovado no âmbito do Prosoft Empresa, e será realizado por meio de financiamento e de participação equivalente a 77% do total orçado para o projeto, de R$ 26,8 milhões. O financiamento permitirá a criação de tecnologia brasileira em uma área de elevada demanda e nenhuma oferta nacional. Além do financiamento de R$ 3,8 milhões, o BNDES apoiará a Padtec, com mais R$ 17 milhões, via operação de renda variável. O apoio do banco foi estabelecido no Programa de Software pelo elevado conteúdo de software embarcado nas soluções da empresa e no projeto a ser desenvolvido.

O projeto também tem como objetivo o fortalecimento estrutural da empresa, de modo a sustentar a continuidade de seu expressivo crescimento recente. Parte dos recursos será utilizada para a expansão da capacidade de pesquisa, desenvolvimento e de produção, beneficiando todos os produtos já existentes no portfólio da empresa.

(Fonte: assessoria de imprensa, BNDES)

Anterior Mais uma vez, União vai ficar com recursos do Fust, Fistel e Funttel.
Próximos Murdoch compra participação da Liberty Media na sua News Corp.