Fim da assinatura da telefonia fixa mantém liderança de manifestações na Câmara


Pelo 10º ano consecutivo, o Projeto de Lei 5476/01, do ex-deputado Marcelo Teixeira, que prevê a extinção da assinatura básica da telefonia fixa, lidera o ranking de manifestações de cidadãos no serviço de atendimento à população da Câmara. Em 2011 foram 553.937 chamadas e 18 mil  e-mails – 99,94% deles para pedir a aprovação da proposta –, o que representa 79,73% das participações.

 

Em maio de 2004, o projeto chegou a ser aprovado na Comissão de Defesa do Consumidor, mas agora terá de ser analisado por uma comissão especial, que ainda será constituída pela Mesa Diretora da Câmara. Depois, precisará ser votado pelo Plenário.

O serviço de atendimento à população da Câmara existe desde 1998, quando foi implantado o 0800-619619, que permite aos cidadãos ligarem de graça de qualquer lugar do Brasil. Naquele ano, foram 9.800 atendimentos. Em 2004, o trabalho foi ampliado com a criação do Fale Conosco, em que as pessoas podem se manifestar via e-mail, e os dois canais foram procurados 504.539 vezes. Em 2010, foram 725.393 atendimentos. É uma média diária de 3.062 atendimentos, e mensal de 61.246.

Por meio desses canais, as pessoas se manifestam sobre proposições em trâmite na Câmara, pedem informações sobre a atividade parlamentar e institucional da Casa, além de fazerem sugestões, denúncias, críticas, elogios e reclamações.

As regiões do País com o maior número de participações são Sudeste, com 46%, e Norte, com 33%. Do total de manifestações, 65% foram feitas por pessoas do sexo masculino. 34,26% das pessoas tomaram conhecimento do serviço pela internet, e 18,66%, pela TV Câmara.

Mensalmente, a Central de Atendimento envia aos deputados um relatório com todas as manifestações recebidas por meio de ligações telefônicas e e-mails.(Da redação, com Agência Câmara)

Anterior Oi irá fornecer rede de fibra óptica para Ministério Público do Rio
Próximos GVT pode levantar até R$ 15 bi com reabertura de capital