Fibracem cresce 59% no primeiro quadrimestre


O primeiro quadrimestre de 2018 foi positivo para a Fibracem, empresa nacional do setor de telecomunicações. A indústria paranaense especializada no segmento de comunicação óptica fechou os primeiros quatro meses do ano com um crescimento de 59,6% no seu faturamento, de R$ 25,8 milhões. No mesmo período do ano anterior, registrou R$ 16,2 milhões.

O crescimento da Fibracem coloca a empresa bem acima do desempenho da média nacional. De acordo com a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) o crescimento do faturamento industrial neste mesmo quadrimestre foi de 6,9% em comparação com o mesmo período de 2017.

“Acreditamos que novidades em produtos, melhoria de processos internos visando maior produtividade, atualização de maquinários e política de preços e de posicionamento no mercado contribuíram para esse crescimento”, comenta a diretora de marketing da Fibracem, Carina Bitencourt.

O resultado positivo teve forte relação com a produção da indústria. No acumulado de janeiro a abril, a empresa colocou 102.847 caixas de emenda, um dos seus principais produtos, no mercado de telecomunicações, e quase oito milhões de metros de cabos ópticos.

Como reflexo do bom momento vivido pela Fibracem, a empresa cresceu também 20% em número de profissionais qualificados, de 170 para 220.

Segundo Carina, a Fibracem investiu em um novo modelo de distribuição. A partir desse segundo semestre, a cidade de São Paulo ganhará o primeiro Centro de Distribuição da empresa, de onde sairão os produtos desenvolvidos pela Fibracem, destinados a todo o estado. “A previsão é que sejam distribuídos mais de 500 mil metros de cabos ópticos e mais de 16 mil conjuntos de emendas por mês.” (Com Assessoria de Imprensa)

Anterior Cai presidente da Intel, por relacionamento com funcionária
Próximos PGMU com LTE pode não vingar com risco da reversibilidade