FCC libera operadoras a usarem espectro do WiFi


Ajit Pai, novo presidente da FCC
Ajit Pai, novo presidente da FCC

A Federal Communications Commission (FCC), órgão que regula as telecomunicações nos Estados Unidos, autorizou ontem, 22, o uso de dispositivos LTE-U no país. Na prática, significa que as operadoras poderão usar espectro sobressalente em 5GHz para a oferta de conexão de dados 4G. Esta faixa é não licenciada, mas como até então não havia aparelhos LTE autorizados a explorá-la, era relegada a padrões como WiFi e Bluetooth.

“Nossa equipe certificou-se de que os equipamentos LTE-U aprovados atendem às regras da FCC. E testes feitos pela indústria demonstram que tanto esses aparelhos, quanto os WiFi, podem coexistir na banda de 5 GHz”, afirmou, em comunicado Ajit Pai, presidente da FCC.

As operadoras Verizon e T-Mobile já anunciaram que pretende aproveitar o novo espectro disponível até meados do ano. Segundo a T-Mobile, com a permissão, poderá vender planos de internet móvel de 1 Gbps.

A liberação da FCC para uso de certos dispositivos com a tecnologia LTE-U tem aval tanto de entidades que defendem o WiFi, como a WiFi Alliance, quanto de associações de fornecedores de equipamentos de rede e de operadoras. Entre os fornecedores e fabricantes que têm tecnologia LTE-U estão Ericsson, Qualcomm, Nokia e Samsung. (Com agências)

Anterior Ricardo Gazetta é o novo VP do Buscapé
Próximos Ligações de telefone fixo para móvel ficam mais baratas amanhã

3 Comments

  1. Richard Stallman
    24 de Fevereiro de 2017

    Então uma frequência que até então não tinha muita poluição, vai ser pesadamente poluída pelas telecons com suas antenas monstruosas. Mas uma vez os degenerados destruindo a coisa publica.

    • Gabriel
      24 de Fevereiro de 2017

      5GHz já tem uma poluição absurda no mundo todo. Agora vai é terminar de ferrar tudo. Operadora tem dinheiro, pra que ficar liberando frequência restrita para elas? Que gastem com LTE de outra frequência. Os provedores dos EUA terão bastante problemas pela frente…

      Que a Anatel não se atreva a uma palhaçada dessa por aqui, pois vamos cair pra cima com as associações.

  2. Sabrina Vasconcelos
    26 de Fevereiro de 2017

    Se eu quiser wifi eu uso uma das muitas que ja existem,nao preciso de operadora sem vergonha entupindo um espectro ja saturado e pior COBRANDO por uma coisa que podemos ter de graca.
    Chega de beneficios para essas operadoras que prestam um serviço PESSIMO E CARO !!!!