FCC adia para 2016 leilão de frequência que era da TV


A FCC (Federal Communications Comission) comunicou hoje ao mercado que decidiu adiar de 2015 para início de 2016 a mega licitação da faixa de 600 MHz, espectro historicamente destinado à TV aberta, mas que já foi realocado pelo governo norte-americano para a banda larga móvel.

A agência alegou que a limpeza da faixa irá demandar grandes desafios dos radiodifusores além de ser um leilão de grande complexidade. Estudos recentes da agência estimam que a licitação vai custar no  mínimo US$ 45 bilhões. Espera-se que Sprint e T-Mobile, que têm muito pouco espectro baixo, venham muito agressivas para o leilão.

Anterior Senado quer incentivo para a padronização de carregador de celulares
Próximos Microsoft fatura US$ 23,2 bilhões entre julho e setembro