Facebook bloqueia contas de jornalistas palestinos


Projetado pelo Freepik
Projetado pelo Freepik

O Facebook está sendo acusado de censurar jornalistas palestinos. Segundo Eletronic Intifada, contas pessoais de editores e executivos de dois dos maiores veículos de notícias da Palestina foram bloqueadas. Em comunicado, a companhia admitiu o “erro” e afirmou que o acesso já foi restaurado.

O site fez recente acordo como governo de Israel para bloquear conteúdos que supostamente incidem violência. E os jornalistas que tiveram suas contas censuradas acreditam que a medida tenha sido resultado desse acordo. Foram bloqueadas as contas de quatro editores do Shehab News Agency e três executivos do Quds News Network. Essas duas agências atuam nos territórios da Palestina ocupados e possuem mais de 5 milhões de seguidores cada.

“As páginas foram removidas erroneamente e restauradas assim que fomos capazes de investigar”, respondeu o Facebook após a publicação da notícia pela Intifada. (com agências internacionais).

Anterior Oi publica ata com nomeação de conselheiros de Tanure
Próximos Nokia participa de teste de gerenciamento de tráfego de drones