Exportações do setor eletroeletrônico têm fraco desempenho em julho


Dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) mostram que o setor teve fraco desempenho nas exportações em julho, quando as vendas externas ficaram em US$ 626 milhões, 30,8% abaixo de julho de 2008 e 3,5% menor do que as do mês anterior. As exportações acumuladas de janeiro a julho de 2009 somaram …

Dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) mostram que o setor teve fraco desempenho nas exportações em julho, quando as vendas externas ficaram em US$ 626 milhões, 30,8% abaixo de julho de 2008 e 3,5% menor do que as do mês anterior. As exportações acumuladas de janeiro a julho de 2009 somaram US$ 4,1 bilhões, 28,5% inferiores às realizadas em igual período de 2008, com reduções registradas em todas as áreas do setor.

Já as importações ficaram em US$ 2,1 bilhões em julho, 34,5% a menos na comparação com igual período de 2008. As importações acumuladas de janeiro a julho totalizaram US$ 12,7 bilhões, queda de 31,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Com isso, o saldo da balança comercial dos produtos eletroeletrônicos caiu 32% nos primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior, passando de US$ 12,66 bilhões para US$ 8,55 bilhões.

Telecom

No segmento de telecomunicações a queda ficou em 30% na comparação com igual período do ano passado – em julho de 2009 o setor exportou US$ 142,7 milhões. Os aparelhos celulares registraram queda de 17% nas exportações de julho, frente ao mês anterior. A queda acumulada no segmento nos sete meses é de 37%, alcançando US$ 938 milhões, frente a US$ 1,49 de janeiro a julho de 2008. Nos celulares, a queda atinge 39% no acumulado.

Anterior WiMAX só é solução para grandes distâncias
Próximos Governo, empresários e movimentos sociais concluem regimento da Confecom.