Exportações de produtos de telecom crescem 42,8% em junho


 

Business vector created by Timmdesign - Freepik.com
Business vector created by Timmdesign – Freepik.com

As fabricantes brasileiras de equipamentos de telecomunicações venderam 42,8% mais para o exterior em junho deste ano do que no mesmo mês de 2018. As exportações do segmento somaram US$ 23 milhões no mês, ante US$ 16,1 milhões um ano antes. Na comparação com maio, as vendas cresceram 3,4%. Os produtos que tiveram maior aumento de procura foram os itens de comutação privada.

Já o segmento de informática registrou queda de 25,3% nas exportações (sobre junho de 2018), que somaram US$ 30,6 milhões. Em relação a maio, houve aumento de 1,8%.

No mês de junho de 2019, as exportações de produtos eletroeletrônicos somaram US$ 482,6 milhões, ficando estáveis (-0,1%) em relação a junho de 2018 (US$ 483,0 milhões).

Importações

As importações de produtos elétricos e eletrônicos atingiram US$ 2,49 bilhões no mês de junho de 2019, 8,3% abaixo do mesmo mês do ano anterior (US$ 2,71 bilhões).

No segmento de telecomunicações houve diminuição das compras externas. O segmento importou US$ 151,4 milhões, 35,9% menos que em junho de 2018. Sobre maio, a queda foi de 13,5%.

Em informática a retração foi de 10% ano a ano. As compras do exterior somaram US$ 143,8 milhões. Em relação a maio, houve aumento de 7,2%.

Acumulado

No acumulado do ano, as exportações de equipamentos de telecomunicações somaram somam US$ 140,6 milhões, alta de 41,5% sobre o primeiro semestre de 2018. As de informática caíram 12,1%, para US$ 169,8 milhões.

Já as importações cresceram 4,6% em telecomunicações, alcançando US$ 1,02 bilhão. Em informática caíram 5,7%, para US$ 858 milhões.

Os produtos mais importados pela indústria eletroeletrônica brasileira no ano foram semicondutores (US$ 2,48 bilhões), componentes para telecomunicações (também US$ 2,48 bilhões), e componentes de informática (US$ 739 milhões). Em todos os casos houve diminuição dos valores comprados.

Os dados, reunidos pela Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) indicam que a balança comercial do setor está negativa em US$ 13,05 bilhões neste ano, praticamente em linha com o mesmo período de 2018.

Anterior Bolsonaro transfere Conselho Superior do Cinema para a Casa Civil
Próximos Entidades lançam campanha contra privatização dos Correios