Ex-CEO de Orange e Telstra articula compra da Telecom Italia


Solomon Trujillo, ex-CEO da francesa Orange e da australiana Telstra, estaria articulando a compra do controle da Telecom Italia. Segundo o site de notícias Bloomberg, o executivo estaria negociando com fundos soberanos de Qatar e Abu Dhabi, entre outros investidores. Ele estaria levantando US$ 9,6 bilhões, o suficiente para adquirir quase metade da Telecom Italia, operadora que controla a brasileira TIM.

Nenhuma oferta teria sido feita, ainda, ao conselho diretor da italiana. A Bloomberg afirma ter recebido documentos que descrevem os planos de aquisição, batizados de “Projeto Adriano”. A estratégia colocaria Trujillo no comando da Telecom Italia, assumindo como CEO, e trocando a direção da companhia. A proposta ainda estaria em gestação, e poderia vir sob a forma de aumento de capital.

A iniciativa já teria sido discutida entre Trujillo e representantes do governo italiano em reuniões realizadas em maio. Nos documentos obtidos pela Bloomberg, a expectativa é realizar um turn around para recuperar a lucratividade da Telecom Italia, alcançando receita de 26 bilhões de euros e reduzindo a dívida atual, de 35 bilhões de euros para 11 bilhões de euros até 2018. Para isso, a estratégia seria expandir serviços de internet ultrarrápida por fibra.

A Telecom Italia perdeu recentemente uma disputa pela GVT, no Brasil. A Telco, empresa formada por Telefónica mais os bancos Mediobanca, Intesa Sanpaolo e Assicurazioni Generali, está sendo dissolvida e seus participantes planejam a saída da Telecom Italia(Com agências internacionais)

Anterior Leilão reverso com recursos do Fistel é a proposta do MiniCom para massificar a banda larga
Próximos Telecom Italia adia reunião que vai decidir sobre Telecom Argentina