Europa pode regular preço de banda larga


Na União Européia (UE), a diferença entre os que têm e os que não têm banda larga aumentou no ano passado, e esta tendência pode levar à regulação de preços, semelhante a que foi imposta ao mercado de tarifas de roaming para celulares no início deste ano, afirmou ontem a Comissão Européia (CE). Menos de …

Na União Européia (UE), a diferença entre os que têm e os que não têm banda larga aumentou no ano passado, e esta tendência pode levar à regulação de preços, semelhante a que foi imposta ao mercado de tarifas de roaming para celulares no início deste ano, afirmou ontem a Comissão Européia (CE). Menos de 6% dos búlgaros têm acesso à internet banda larga contra aproximadamente 40% dos dinamarqueses com acesso, apontou estudo da CE sobre a penetração banda larga nos 27 países que compõe a UE.

A principal razão para a baixa penetração em países como a Bulgaria é a ausência de qualquer competição real aos monopólios das telcos nacionais, somada a uma regulamentação pan-européia inadequada, concluiu a Comissão. “A Europa tem que agir agora, para colocar a sua banda larga em ordem. Farei propostas específicas para essa questão como parte do nosso pacote de reformas das regras de telecom da UE, em 13 de novembro”, afirmou a comissária das telecomunicações na Europa, Viviane Reding. Ele pode adotar medidas semelhantes às utilizadas para reduzir as tarifas de roaming para telefonia móvel, para forçar a queda dos preços em mercados pouco competitivos da UE.

A penetração banda larga continou a crescer na UE em 2006, quando a média de assinantes subiu de 14,9% para 18,2%, apesar das taxas de penetração relativamente modestas em alguns países do bloco. No início de julho deste ano a UE contava com 90 milhões de acessos banda larga por linhas fixas, sendo que destas 20 milhões foram adicionadas desde julho de 2006, o que representa um avanço de 28,7%. No entanto, a CE ressaltou que os benefícios dos países competitivos ainda não são acessíveis à  muitos cidadãos europeus. (Da Redação, com noticiário internacional)

Anterior Fundos de pensão e Citigroup assumem controle integral da Brasil Telecom
Próximos Casa Civil estuda mudar LGT,Lei do Cabo e leis de radiodifusão