Europa e Coreia do Sul firmam acordo para impulsionar 5G


O 4G ainda enfrenta obstáculos ao redor do mundo, como a necessidade de liberação de frequências, mas Europa e Coreia do Sul já pensam no que virá depois. Neelie Kroes, vice-presidente da Comissão Europeia para a agenda digital, e Mun-Kee Choi, ministro da ciência e tecnologia da Coreia do Sul, assinaram hoje em Seul um acordo de cooperação para desenvolverem, em conjunto, a tecnologia que será usada nas redes 5G de telefonia móvel no futuro.

Pelo acordo, europeus e sul-coreanos vão pesquisar uma solução que use as mesmas frequências nos diferentes países e permita a interoperabilidade. Vão, ainda, definir os padrões que determinarão o funcionamento das redes. Também vão aprofundar laços para desenvolvimento de tecnologias em comunicações, redes e computação em nuvem. Tanto Coreia, quanto União Europeia, vão lançar, até o final de 2016, chamadas para projetos de pesquisa nestas áreas.

O acordo prevê que as organizações 5G Infrastruture Association, da Europa (que tem entre os integrantes Alcatel-Lucent, Atos, Deutsche Telekom, Ericsson, Nokia, Orange, Telecom Italia, Telenor e Telefónica) e 5G Forum, da Coreia, assinem um memorando de trabalho conjunto.

 

 

Anterior Mais dois controladores deixam a Telecom Italia. Agora, só resta a Telefónica.
Próximos Level 3 anuncia compra do provedor de acesso TW Telecom