EUA vão investigar Google por práticas de licenciamento do Android


A Federal Trade Commission (FTC), autarquia federal norte-americana responsável pela competição nos Estados Unidos, vai investigar o Google por abusos no licenciamento do sistema operacional Android. Segundo a Bloomberg, a investigação ainda está o começo, e não significa, necessariamente, que levará a sanções.

A autoridade teria entrado em acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, outro órgão que também costuma investicar práticas anticompetitivas, para liderar a iniciativa. A investigação quer descobrir se, para distribuir gratuitamente o Android a fabricantes de dispositivos móveis, o Google teria firmado acordos que obrigassem o embarque de seus aplicativos nos aparelhos. Estes contratos trariam cláusulas obrigando os fabricantes a dar mais destaque aos apps do Google do que aos de concorrentes, mesmo que trouxessem os mesmos recursos. Obrigaria, também, o embarque de todos os apps do Google, impedindo uma seleção por parte do fabricante.

O Google se defende, afirmando que não faz nada que concorrentes como Apple e Microsoft não façam com o iOS ou o Windows 10. A companhia já enfrenta investigações ou processos por abuso de posição dominante, seja na internet, seja com o Android, na Europa e na Rússia. Nos EUA não é a primeira vez que as práticas da companhia passam por escrutínio da FTC. Há pelo menos dois anos a comissão analisou se havia abuso da empresa quantos aos métodos de busca na web, mas encerrou a investigação com um acordo gerou polêmica por autorizar a continuidade das práticas. (Com agências internacionais)

Anterior Joint venture da Siemens e Accenture com foco em smart grid chega ao Brasil
Próximos Berzoini formaliza criação do grupo de trabalho para estudar mudanças na concessão de telefonia