EUA querem diminuir ligações de telemarketing e estudam cadastro “não me perturbe”


Los Angeles –  O excesso de ligações de telemarketing não incomoda apenas os consumidores brasileiros. Nos Estados Unidos, essas dezenas de ligações incômodas, conhecidas aqui por “robot calls” também estão “deixando doido” a agência reguladora, a FCC (Federal Communication Comissions).

Segundo seu presidente Ajit Pai, já foram tomadas várias medidas regulatórias para diminuir esse incômod. Entre elas, as operadoras de telecom devem bloquear esse tipo de ligação “por default”, e tornar disponível aos consumidores algorítimos usados pelas próprias empresas.

Mas Pai, em sua visita ao Brasil para tratar de segurança das redes, conheceu a experiência do cadastro nacional não me perturbe da Anatel com a participação das operadoras de telecomunicações e essa iniciativa foi citada por ele, com uma das medidas que estuda, durante o Mobile World Congress.

Além do cadastro nacional as operadoras brasileiras asssinaram um “Código de Ética”, a primeira iniciativa de autorregulação do setor.

A jornalista viajou a convite do MWC

Anterior Governo abre seleção pública para escolher diretor de Dados com salário de R$ 13,6 mil
Próximos Líderes requerem urgência urgentíssima para votar PL da nova Lei de Informática

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *