EUA pressionam Alemanha a banir a Huawei


O embaixador dos Estados Unidos na Alemanha entregou carta às autoridades do país europeu sugerindo o banimento da Huawei e da ZTE do mercado local de infraestrutura. No lugar destas empresas chinesas, diz a carta, as operadoras e organismos de governos deveria adotar equipamentos de Ericsson, Nokia e Samsung. O documento foi obtido pelo The Wall Street Journal e revelado nesta segunda-feira, 11.

Caso a Alemanha continue a permitir o uso de equipamentos chineses em suas redes, os EUA afirmam que vão reduzir a quantidade de informações trocadas na área de Defesa. A carta foi entregue logo depois de o Secretário de Estado Mike Pompeo dizer, em fevereiro, que a presença de equipamentos Huawei em um país seria uma barreira ao relacionamento com os EUA.

Na semana passada, a autoridade alemã para as telecomunicações divulgou um plano para melhorar a segurança das redes locais, sem, no entanto, proibir o uso de equipamentos de qualquer fabricante. Entre as propostas do documento, que deverá trazer requisitos para o futuro leilão 5G do país, está a construção de redundâncias, uso de múltiplos fornecedores certificados localmente e monitoramento do tráfego da rede em busca de anormalidades.

A Huawei já negou várias vezes que representa qualquer ameaça que os EUA não apresentaram provas de que a empresa incorre em práticas que ameaçam a segurança das comunicações dos países onde seus produtos são usados.

Anterior Abert e entidades de imprensa "lamentam" uso que Bolsonaro faz das redes sociais
Próximos MPDFT vai acompanhar integração Messenger, Instagram e WhatsApp