Estudo prevê que 74% dos assinantes de telefonia móvel terão planos de dados até 2017


 
Até 2017, a banda larga móvel será responsável por aproximadamente 74% das assinaturas móveis das operadoras brasileiras. Atualmente, esse serviço representa 22% dos planos contratados. A previsão é da consultoria Informa Telecoms & Media e divulgada pela 4G Americas, associação que reúne fabricantes, operadoras e prestadoras de serviços sem fio nas Américas.

Em contrapartida, as assinaturas dos serviços de voz, que atualmente respondem por 78%, cairão drasticamente, passando para 26% no mesmo período. De acordo com o estudo, esse comportamento deverá ser observado em toda a América Latina nos próximos anos, onde os serviços de dados irão compor em média 70% das assinaturas móveis das operadoras até 2017.

O mesmo estudo aponta que o Chile deve ser o país da região com o maior peso em assinaturas de dados móveis até 2017, com 88% do total. Já a Argentina deverá ficar na média de 70% de assinaturas de dados em banda larga móvel. Em compensação, a quantidade prevista para as assinaturas dos serviços de voz nas operadoras de nosso vizinho será de 30%, o maior valor entre os latinos.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Cade já examina efeitos da operação Telefônica/TIM no TCD assinado pelas empresas
Próximos Venda de computadores cai em todo o mundo