Estados norte-americanos entram na Justiça contra fim da neutralidade de rede


Um grupo de procuradores estaduais entrou na Justiça, nos Estados Unidos, a fim de evitar que a decisão da Federal Communications Commissions (FCC) de acabar com regras que definem a neutralidade de rede seja levada a cabo. A FCC decidiu em dezembro suspender a regulação que proibia operadoras e provedores de acesso de tratar de modo diferente os dados conforme origem, destino ou tipo.

Ao todo, procuradores de 21 estados ingressaram com a ação, entre os quais, representantes de Nova York e da Califórnia, regiões que concentram empresas de internet. No Congresso, calcula-se que falta apenas um voto para a aprovação de moção que derruba a decisão da FCC, movida por democratas – a oposição ao governo de Donald Trump – mas que já teria apoio de alguns republicanos. (Com agências internacionais)

Anterior Para Félix, ainda falta a cor do dinheiro da Oi
Próximos PLC 79: América Móvil agora vê mais razões para sua aprovação