Estados dos EUA começam a taxar serviços de streaming, como Netflix


Nos Estados Unidos, pelo menos três estados – Havaí, Pensilvânia e Washington- já aprovaram leis estabelecendo imposto para serviços de streaming, como a Netflix. Agora é a vez do estado da  Geórgia, cujos legisladores estão pressionando por um imposto de 4% sobre a Netflix  e outros serviços de streaming, como livros digitais e downloads de música, que subsidiariam a construção de linhas de internet de alta velocidade em áreas rurais.

Discriminação de preço: se você gastar US $ 13 em uma assinatura do Netflix, poderá ser taxado com cerca de 50 centavos em sua fatura.

Proposta similares estão tramitando nos legislativos estaduais de quase todas as unidades da federação estadunidense.  (com agências internacionais).

Anterior Teles movem ação no STF contra lei que fixa prazo de atendimento nas lojas
Próximos Russia quer ampliar defesa cibernética e vai se desconectar da internet