Ericsson vende unidade de manutenção de redes na Suécia


A Ericsson vendeu a unidade de manutenção de redes fixas e móveis (LSS), que tinha na Suécia. O comprador foi o grupo local Transtema. Segundo as empresas, os cerca de 700 funcionários da unidade serão mantidos, mas agora na nova empresa. A carteira de clientes vai junto, com os mesmos termos e compromissos, garantem.

A venda faz parte da estratégia de corte de custos da Ericsson, que deve superar o meio bilhão de dólares neste ano. A empresa ainda manterá uma fatia das ações da unidade, com direito a nomeação integrante no conselho de administração da Transtema. As empresas não revelaram os valores do acordo, que será concluído até o fi

Desde que iniciou o projeto de corte de custos, em 2014, a Ericsson cortou 20% dos funcionários e vendeu a divisão de vídeo, rebatizada nesta semana. Conforme a própria companhia, que apresentou prejuízo em 2017, os resultados só devem melhorar em 2020 em função do desaquecimento do mercado de redes.

Anterior CCT da Câmara aprova PL que isenta dispositivos para IoT do Fistel
Próximos Oi fará atendimento nas lojas físicas a PMEs