Ericsson vê como positivas fusões entre teles e mídia


streaming video ott internet conteudo onlineO diretor da unidade de mídia da fornecedora sueca Ericsson, Per Borgklint, declarou à Reuters que acha positiva a fusão entre grupos de telecomunicações e de mídia. Sua percepção é de que a Ericsson tende a se beneficiar de negócios como a compra da TimerWarner pela AT&T. A aquisição foi proposta neste ano e passa pelo escrutínio das autoridades que regulam a competição nos Estados Unidos.

A fusão seria positiva porque permitiria à Ericsson crescer no fornecimento de tecnologias de vídeo, uma vez que já tem as operadoras como seus clientes. O executivo admite, no entanto, que no primeiro momento as fusões podem estacionar os negócios, e que os benefício seriam sentidos apenas no longo prazo.

Essa não foi a primeira vez que um executivo da empresa defendeu a união de grupos de segmentos distintos das comunicações. Em novembro, o CEO da fornecedora, Jan Frykhammar já havia antecipados que tais negócios podem ter resultado positivo sobre a venda de soluções de transporte de vídeo, área da Ericsson que ainda não teria tido lucro.

Anterior Holanda proíbe o zero-rating da T-Mobile
Próximos Um 2017 de muita garra. Voltamos dia 9 de janeiro