Ericsson investe em gateway de redes banda larga para casas conectadas


Usando a família de roteadores Smart Services (SSR 8000) como plataforma, o Broadband Network Gateway (BNG) da Ericsson foi desenvolvido para acelerar a adoção de serviços de nuvem e vídeo nas residências cada vez mais conectadas, ao mesmo tempo que reduz o custo operacional das redes IP de banda larga fixa das operadoras. O novo …

Usando a família de roteadores Smart Services (SSR 8000) como plataforma, o Broadband Network Gateway (BNG) da Ericsson foi desenvolvido para acelerar a adoção de serviços de nuvem e vídeo nas residências cada vez mais conectadas, ao mesmo tempo que reduz o custo operacional das redes IP de banda larga fixa das operadoras. O novo BNG cria oportunidades para que operadoras fixas e convergentes ofereçam serviços de banda larga personalizados e de alta qualidade, suportando o crescimento de dispositivos inteligentes nas residências.

A família SSR 8000 suporta até 768 mil assinantes com um consumo total de energia, mesmo com carga máxima, de 14 mil watts. A arquitetura BNG permite a entrega de serviços voltados para um usuário, sessão ou dispositivo específico na plataforma SSR 8000.

Jan Häglund, vice-presidente e responsável por redes IP e banda larga da Ericsson, diz: “O BNG na plataforma SSR 8000 da Ericsson proporciona aos fornecedores de serviços uma escala de assinantes líder no setor – ele triplica a escalabilidade de assinantes se comparado com outros BNGs. Com seu software e sua escala comprovados pelo tempo e pelo desempenho em campo, ele define mais uma vez um novo padrão de excelência.”
 
Esse novo gateway tem na sua fundação a tecnologia de software do Ericsson Broadband Remote Access Service (BRAS), adotado por 75% das maiores operadoras fixas do mundo e implementado em mais de 360 redes em todo o mundo. Isso permite a fácil integração aos sistemas OSS e BSS das operadoras. (Da redação)

Anterior Nextel lança serviço de postagem de voz via rádio no Facebook
Próximos Proposta de lei das antenas será debatida no Senado