Ericsson integra rádio de banda média às antenas móveis 5G


A Ericsson anunciou na última semana o lançamento de novos equipamentos para redes móveis 5G. São duas novas antenas que trazem dentro de si já os componentes de estação radiobase. Dessa forma, diz a empresa, a operadora não precisa ampliar os sites para implantar a tecnologia, acrescentando com menos custos a banda média à sua rede de quinta geração.

Uma das antenas, chamada Hybrid AIR, permite irradiar o sinal 5G com massive MIMO a partir de estações usadas para 4G. Já Interleaved AIR tem também massive MIMO para bandas médias, ao mesmo tempo que integra uma antena passiva multibanda a uma antena ativa que opera em bandas legadas, tudo em um único gabinete.

PUBLICIDADE

Os novos produtos são resultados da compra pela Ericsson do braço de antenas da alemã Kathrein, ano passado.

A fabricante também anunciou hoje, 6, que lançou seu software para redes 5G autônomas. Segundo empresa, o software permite transformar redes não-autônomas (non-standalone), que dependem de sinalização de rede LTE, em redes 5G puras. A companhia afirma desde 2015 que produz rádios e ERBs que precisariam apenas de atualização de software para serem convertidos para a 5G.

Anterior Reino Unido próximo de bloquear Huawei do mercado local de redes 5G
Próximos DF: governador deve sancionar lei que dá 60 dias para licenciamento de antenas