Ericsson e Huawei ampliam acordo de patentes


A Ericsson e a Huawei ampliaram o acordo de patentes que possuíam. Pelos novos termos, as empresas poderão usar tecnologias registradas uma da outra, em todo o mundo. O negócio abrange tecnologias sem fio, inclusive GSM, UMTS e LTE (2G, 3G e 4G), usadas em redes móveis. As empresas ficam autorizadas a ter acesso a tecnologias exclusivas e a implementá-las para seus clientes.

As fornecedoras de infraestrutura de telecomunicações não deram muitos detalhes sobre a transação. Afirmam, apenas, que a Huawei pagará à Ericsson com base nas vendas, a partir deste ano.

Segundo o diretor de propriedade intelectual da Huawei, Jianxin Ding, o acordo demonstra compromisso de ambas as empresas em proteger a pesquisa e o desenvolvimento. “A compensação pelo uso de propriedade intelectual é vital para promover a inovação tecnológica, compartilhando e padronizando tecnologia, orientando e acelerando a evolução da indústria”, diz.

Kasim Alfalahi, chief intellectual propoerty officer da Ericsson, defende a mesma ideia. “No futuro, todos e tudo estará conectado na sociedade em rede e internet das coisas. Nosso papel é orientar essa transformação, abrindo novos caminhos para inovar”, afirma.

Anterior Governo quer 20 milhões de acessos M2M em quatro anos
Próximos São Paulo adia cobrar ICMS sobre download de software