Ericsson assina acordos, no valor de US$ 1,8 bi, para redes 3G na China.


A Ericsson anunciou hoje a assinatura de acordos com China Mobile e China Unicom, no valor de US$ 1,8 bilhão, para expansão de redes 3G. Para a China Mobile, a Ericsson fornecerá a rede de acesso via rádio, que inclui estações rádio base para múltiplos padrões e equipamentos de mobile softswitching. O acordo é avaliado …

A Ericsson anunciou hoje a assinatura de acordos com China Mobile e China Unicom, no valor de US$ 1,8 bilhão, para expansão de redes 3G. Para a China Mobile, a Ericsson fornecerá a rede de acesso via rádio, que inclui estações rádio base para múltiplos padrões e equipamentos de mobile softswitching. O acordo é avaliado em US$ 1 bilhão e será implementado em 2010. No acordo com a China Unicom, a Ericsson irá fornecer uma rede 3G HSPA Evolution. Além disso, a Ericsson deve aumentar a sua cooperação em IP e banda larga com a China Unicom, fornecendo roteadores IP, tecnologias de acesso por fibra GPON e 40G WDM, além de sistemas IMS (IP Multimedia Subsystem). O acordo é avaliado em USD 800 milhões e também será implementado em 2010.

Hoje, 99% da população na China conta com cobertura móvel, após a expansão das redes para regiões rurais. No final de 2009, o país tinha 747 milhões de assinantes móveis e um potencial, na avaliação das operadoras, de 1,3 bilhão de usuários. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior EUA e CE aprovam aquisição da Tandberg pela Cisco
Próximos Falta de definição exclui banda larga do PAC-2, diz Paulo Bernardo.