Entra Mangabeira e sai Oliva Neto


 Tomou posse hoje na nova Secretaria de Planejamento de Longo Prazo o economista Roberto Mangabeira Unger, indicado pelo vice-presidente José de Alencar. Com seu ingresso, deixa a coordenação do Núcleo de Assuntos Estratégicos (NAE) o coronel Oswaldo Oliva Neto, que conduzia o programa de inclusão digital para as escolas públicas brasileira. Conforme o Palácio do …

 Tomou posse hoje na nova Secretaria de Planejamento de Longo Prazo o economista Roberto Mangabeira Unger, indicado pelo vice-presidente José de Alencar. Com seu ingresso, deixa a coordenação do Núcleo de Assuntos Estratégicos (NAE) o coronel Oswaldo Oliva Neto, que conduzia o programa de inclusão digital para as escolas públicas brasileira. Conforme o Palácio do Planalto, Oliva Neto irá continuar no governo, em outra função.

Mangabeira Unger assume a pasta em meio a uma saraivada de críticas. Primeiro, porque escreveu um dos mais duros artigos contra o primeiro governo Lula. Segundo, porque ameaçou tirar os técnicos dos cargos de chefia do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), que passará a ser subordinado a sua pasta e ocupá-los com indicados de seu partido, o PRB. Por fim, ele participa também da longa e acirrada disputa travada pelo Opportunity, Citibank e fundos de pensão na Brasil Telecom.

Mangabeira era o representante legal da Brasil Telecom no processo que tramita em Nova Iorque, quando a empresa era controlada pelo Opportunity. Os novos sócios, quando assumiram a empresa, ingressaram com uma ação contra ele, depois retirada. Então, Mangabeira resolveu entrar com uma ação judicial contra os novos controladores. Antes de assumir, o governo queria que desistisse da ação, mas ele se recusou. 

( Da Redação, com agências nacionais ) 

Anterior Telecom Italia pede anuência à Anatel para o ingresso da Telefónica
Próximos CPI das teles não influenciou mercado