Enlaces de cobre já podem transmitir a 300 Mbps, anuncia Bell Labs.


A Alcatel-Lucent anunciou hoje que o Bell Labs, braço da companhia na área de pesquisa, demonstrou com sucesso uma tecnologia que impulsiona as velocidades de transmissão com apenas um par de linhas de assinante digital (DSL). No teste de laboratório do "DSL Phantom Mode", o Bell Labs atingiu as velocidades de transmissão de 300 Megabits …

A Alcatel-Lucent anunciou hoje que o Bell Labs, braço da companhia na área de pesquisa, demonstrou com sucesso uma tecnologia que impulsiona as velocidades de transmissão com apenas um par de linhas de assinante digital (DSL). No teste de laboratório do "DSL Phantom Mode", o Bell Labs atingiu as velocidades de transmissão de 300 Megabits por segundo (Mbps) em distâncias de até 400 metros (ou 100 Mbps, em 1 km). Com essas velocidades, os provedores poderão oferecer serviços baseados em IP de banda larga usando a infraestrutura de rede existente.

"Os testes de laboratório do DSL Phantom Mode acrescentam uma dimensão totalmente nova ao debate dos "100 Mbps em andamento". O fato de que os enlaces de cobre existentes podem alcançar 300 Mbps a 400 metros, remodelará todo o ambiente competitivo de banda larga de próxima geração – e abrirá uma vasta gama de novas oportunidades de negócios para DSL players tradicionais," comentou Kamalini Ganguly, analista da Ovum.

De acordo com a Alcatel-Lucent, outras pesquisas já estão sendo feitas para refinar os modelos de implementação e determinar um conjunto específico de equipamentos nas instalações do cliente. (Da Redação, com assessoria de imprensa)

Anterior IBM Brasil investe em novo data center
Próximos Miguel Assaf assume diretoria na CA Brasil