Empresa sueca compra a Wavy, da Movile, por R$ 600 milhões


dinheiro

A empresa sueca Sinch anunciou ontem, 26, a compra da Wavy, empresa do grupo Movile, pelo equivalente a R$ 600 milhões. O valor é composto por R$ 355 milhões em dinheiro e a transferência de 1,53 milhão de ações da Sinch para a Movile.

Segundo as empresas, a Wavy faturou R$ 464 milhões nos últimos 12 meses e teve lucro bruto de R$ 130 milhões. A empresa é provedora de mensageria, com presença na América Latina. A segunda em market share do Brasil, tem 260 funcionários e escritórios também no México, na Colômbia, no Peru, no Chile, na Argentina e no Paraguai. Possui em sua carteira de clientes Caixa, Atento, CitiBanamex, iFood, Avon e Ingresso Rápido.

PUBLICIDADE

A fusão abrirá para a Sinch as portas para operadoras da região, uma vez que a Wavy possui contratos de conexão com 50 delas. Essa conexão vai complementar a rede mundial de mensageria da Sinch, que também acrescenta conhecimento no uso do WhatsApp para empresas, Apple Business Chat e RCS. No último ano, a Wavy foi responsável por 13 bilhões de transações, a maior parte graças ao uso de bots.

A Sinch é uma integradora de mensagens em SMS, voz, vídeo, com plataforma em nuvem. No Brasil, já havia adquirido, ano passado, a TWW, especializada em disparos de mensagens em massa. A compra da Wavy ainda precisará ser aprovada pelo Cade para ser concluída.

Anterior Ericsson e Nokia consideram positiva norma do governo sobre redes de 5G
Próximos Instrução do GSI para a 5G coloca camisa de força na Anatel, avalia a Assespro Nacional