Embrapa venderá acesso a base de dados agropecuária


A Embrapa lançou ontem, 29, a plataforma AgroAPI, que reúne diferentes APIs para que startups acessem dados e modelos agregados pela estatal de pesquisa agropecuária. Os dados poderão ser usados pelas empresas para a criação de softwares e aplicativos móveis.

O acesso à plataforma poderá ser gratuito, para uma versão degustação, ou pago de acordo com volume de requisições de APIs.

A plataforma contempla desde informações sobre cultivares e produtividade até zoneamentos agrícolas, úteis em soluções para o planejamento e monitoramento da produção e a gestão do risco agrícola. Os dados são acessados de forma totalmente virtual por meio de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, na tradução do inglês) – um conjunto de padrões e linguagens de programação que possibilitam, de maneira automatizada, a comunicação entre sistemas diferentes.

Uma das primeiras empresas a utilizar a plataforma AgroAPI, a startup GIRA – Gestão Integrada de Recebíveis do Agronegócio assinou um acordo de cooperação técnica com a Embrapa com o objetivo de aprimorar um aplicativo de celular que vai apoiar operações do mercado de crédito agrícola.

Por meio da AgroAPI, a empresa terá acesso a modelos de produtividade para as culturas da soja, milho, arroz, feijão e trigo, além de uma série temporal de dados orbitais para monitoramento da vegetação. Essas informações vão servir para aperfeiçoar as análises de produtividade das lavouras financiadas e as previsões de safra geradas pelo sistema criado pela startup, auxiliando no processo de tomada de decisão na concessão e acompanhamento do crédito rural. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Claro vai conectar campo da Embrapa no interior de SP
Próximos Nokia se junta à ConectarAGRO, iniciativa de conectividade no agronegócio