Apenas um dia após a abertura de incrições, cerca de 11 mil usuários da banda larga fixa já se cadastraram para ser voluntários do projeto de medição da qualidade do serviço, segundo levantamento da Entidade Aferidora da Qualidade (EAQ). A EAQ selecionará, entre os usuários cadastrados, mais de 12 mil voluntários.

A Anatel informou que quem não for escolhido agora, pode ser sorteado em uma próxima etapa do projeto, já que, anualmente, haverá renovação de 25% da base de voluntários.

As medições permitirão a avaliação das prestadoras do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) com mais de 50 mil acessos: Oi, NET, Telefônica/Vivo, GVT, Algar (CTBC), Embratel, Sercomtel e Cabo Telecom e começará em outubro.

Os selecionados pela EAQ não terão qualquer ônus para a instalação dos equipamentos e também não serão remunerados. Os voluntários receberão um aparelho batizado de whitebox, que fará a medição ao ser conectado ao modem/roteador de cada residência ou empresa. A aferição nos equipamentos instalados nos computadores será diária e ininterrupta. O equipamento não coleta qualquer informação pessoal, nem interfere ou monitora a navegação do usuário.

Além de colaborar para a aferição da qualidade da banda larga, cada voluntário receberá relatório mensal com dados relativos à qualidade do serviço em sua residência ou empresa. (Da redação)