Em Portugal, celulares vão cobrar pelo desbloqueio.


 Enquanto a Anatel discute os termos da súmula a qual vai assegurar o desbloqueio dos aparelhos celulares independentemente do prazo de fidelização (a maioria do conselho é favorável ao desbloqueio, mas o diabo está na vírgula do regulamento) em Portugal, o governo acaba de decidir que o consumidor terá que pagar por esta facilidade. O …

 Enquanto a Anatel discute os termos da súmula a qual vai assegurar o desbloqueio dos aparelhos celulares independentemente do prazo de fidelização (a maioria do conselho é favorável ao desbloqueio, mas o diabo está na vírgula do regulamento) em Portugal, o governo acaba de decidir que o consumidor terá que pagar por esta facilidade.

O conselho de ministros acaba de publicar uma determinação para que as operadoras não cobrem mais do que 50% do preço do aparelho para desbloquer o celular, quando ainda estiver dentro do período de fidelização do cliente.Atualmente, todas as operadoras que atuam em Portugal (TMN, Vodafone e Optimus) impedem, com o bloqueio do aparelho, que o consumidor use o cartão ou o chip de outra operadora no aparelho.  ( Da redação).

Anterior Google digitaliza um milhão de livros italianos
Próximos Telecom continua liderando reclamações no Procon-SP