Eletroeletrônicos têm o maior déficit comercial da história


Dados preliminares da Abinee (Associação Brasileira da Indústria EletroEletrônica) apontam que a balança comercial de produtos do setor eletroeletrônico atingiu, no primeiro semestre deste ano, o saldo negativo de US$ 12,1 bilhões, um recorde no comércio internacional do setor. De janeiro a junho, as exportações somaram US$ 3,6 bilhões e as importações US$ 15,7 bilhões. Segundo presidente da entidade, Humberto Barbato, se seguir este ritmo, o déficit poderá superar, no final do ano, a casa dos US$ 25 bilhões, valor superior às previsões iniciais (US$ 22,5 bilhões). “Este resultado reflete a queda de competitividade da indústria instalada no país e acende o sinal vermelho da desindustrialização no nosso setor”, conclui Barbato.( Assessoria de imprensa).
          

Anterior Relatório aponta que impostos altos afetam banda larga móvel nos países em desenvolvimento
Próximos Entidades questionam alteração da numeração de celulares em SP