Eletroeletrônicos: balança comercial tem déficit recorde


Nos dois primeiros meses deste ano o déficit da balança comercial de produtos do setor eletroeletrônico atingiu US$ 3,3 bilhões, 75% acima do mesmo período de 2007 (US$ 1,9 bilhão), de acordo com dados da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica). Este índice de crescimento do déficit é recorde, segundo a associação, e …

Nos dois primeiros meses deste ano o déficit da balança comercial de produtos do setor eletroeletrônico atingiu US$ 3,3 bilhões, 75% acima do mesmo período de 2007 (US$ 1,9 bilhão), de acordo com dados da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica). Este índice de crescimento do déficit é recorde, segundo a associação, e deverá continuar evoluindo durante este ano, “uma vez que não é esperada mudança significativa nas atuais condições do câmbio, fato que continuará inibindo as exportações e estimulando as importações”.

No acumulado dos meses de janeiro e fevereiro deste ano, as exportações do setor totalizaram US$ 1,41 bilhão, 9,1% superiores às realizadas em igual período do ano passado (US$ 1,29 bilhão), e as importações alcançaram US$ 4,7 bilhões, crescimento de 48,1% em relação ao mesmo período de 2007 (US$ 3,19 bilhões).

Telecomunicações

No acumulado de janeiro e fevereiro deste ano, o segmento de telecomunicações acumulou exportações de R$ 370 milhões, cifra 9,7% inferior aos R$ 409,9 milhões exportados no mesmo intervalo de 2007. Por sua vez, as importações cresceram 100%, totalizando R$ 465,9 milhões, contra R$ 232,6 milhões importados nos dois primeiros meses de 2007. A Abinee ainda destacou que “apesar da queda de 10% das exportações de telefones celulares, eles permaneceram na liderança da indústria eletroeletrônica, somando US$ 322 milhões no acumulado de janeiro a fevereiro de 2008.” (Da Redação, com assessoria de imprensa, Abinee)

Anterior Bittar contesta matéria de Veja contra o PL 29
Próximos SDE acata denúncias contra Clube dos Treze e TV Globo