Edital da 4G só em janeiro


 

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou hoje que tanto no edital da faixa de 450 MHz como no da frequência de 2,5 GHz (usada para a quarta geração do celular) o governo prefere que haja metas de cobertura mais amplas e prazos para a instalação das redes, em troca da arrecadação. “A Anatel estava prevendo arrecadar entre R$ 5 a R$ 6 bilhões com este leilão. Disse aos seus dirigentes que o governo prefere arrecadar menos, para termos prazos certos de instalação da rede, qualidade e ampla cobertura”, afirmou o ministro. Segundo ele,  haverá de qualquer forma um preço mínimo na licitação, que poderá ter ágio, se houver disputa pelas bandas.

 

Entre as exigências do edital, o ministro disse que as operadoras que comprarem as frequências terão que instalar as redes 4G nas cidades da Copa e dos jogos da Confederação, em um ano.

 

Segundo Paulo Bernardo, é possível que empresas que não estão hoje presentes no mercado de telefonia móvel brasileiro se interessem por esta frequência, que permite a implantação da tecnologia LTE (a 4G) no país. “A Vivendi disse que vai participar do leilão”, afirmou o ministo. A Vivendi, operadora francesa, é controladora da GVT no Brasil.

 

Segundo o presidente da Anatel, João Rezende,a agência trabalha para cumprir integralmente o prazo estabelecido no decreto da presidente Dilma Rousseff, de fazer as duas licitações (de 450 MHz e 2,5 GHz) até abril de 2012. Mas ele não acha que a agência consegue lançar a consulta pública do edital este ano, visto que o conselho diretor da Anatel tem apenas mais quatro sessões deliberativas este ano. “O edital vai ficar para janeiro”, afirmou.

700 MHz


O conselheiro também acha que a Anatel não deve antecipar o debate sobre o dividendo digital (a frequências de 700 MHz), antes da conclusão do prazo da migração dos canais da TV analógica para a TV digital, previsto para 2016.

Anterior Proposta da Ancine de regulamento do SeAC vai à consulta pública em dezembro
Próximos Anatel empurra reajuste tarifário do telefone fixo para fevereiro de 2012